Participantes

ANA BRANCO

É Professora do Departamento de Artes e Design da PUC-Rio desde 1981. Até 2015 “Planejamento, Projeto e Desenvolvimento de Produtos em Desenho Industrial”. Desenvolvendo projetos com a comunidade, baseados na fartura e riqueza ambientais e no reconhecimento do corpo e das relações sociais como ecossistemas locais. Com Convenio de Cooperação técnica entre a Secretaria Municipal de Educação SME & Puc Rio. Atualmente “A Convivência com o BioChip” matéria eletiva do Depto de Artes e Design oferecida a todos os cursos da PUC e a comunidade através do Grupo Aberto de Estudo, Pesquisa e Desenho com Modelos Vivos. São investigadas as cores, os odores, os sabores e as informações contidas nas frutas, hortaliças e sementes revitalizadas pela germinação. Mais informações: http://anabranco.usuarios.rdc.puc-rio.br/apresentacao.php

 


ANA BUENO

Paratiense de coração e afinada com as raízes e tradições da cidade histórica, traz na bagagem, as memórias da comida caipira do interior. Ana virou cozinheira pela necessidade, cultivando sua própria horta para garantir sua alimentação e mais tarde tornou-se chef graças à sua paixão. Passou a fazer cursos, buscou conhecimentos e se transformou numa empresária de visão e uma Chefe exigente. Tem excelência na gastronomia contemporânea, mas com fortes raízes da tradição caiçara. Atualmente lidera um projeto de requalificação da merenda escolar, o Escola de Comer, além da cozinha do Banana da Terra, ela comanda o seu bufê e organiza a Folia Gastronômica, evento já emblemático no calendário cultural de Paraty e no circuito gastronômico brasileiro.


CIÇA ROXO

Graduada em Hotelaria e Turismo, especialista em Gestão de Restaurantes, Ciça tem como um de seus focos de trabalho o envolvimento com a promoção da cozinha brasileira. Professora de Gastronomia no IBMR, Laureate International Universities, ministra as disciplinas de Cozinha Brasileira, Cozinha Europeia e História da Gastronomia. Desde 1995, tem se dedicado a passar seus conhecimentos gastronômicos através das escolas de culinária Queridas Primas e Cook’s Club In House.

 

 

 


CLAUDIA MASCARENHAS

Começou sua carreira em Nova York, onde morou por 12 anos e foi proprietária do Restaurante Crepes & Co em West Village. Depois viveu em Portugal e trouxe na bagagem de volta ao Brasil experiências as quais lhe renderam bons frutos na Chefia de Restaurantes brasileiros renomados. Foi também Chefe proprietária do Restaurante Sítio Arqueológico , na Gávea. Em 2000 apostou na prestação de serviços como Chefe Consultora para o Grupo Hotéis de Requinte do Rio de Janeiro, entre outros. Em 2005, com uma pegada mais contemporânea, comandou o Restaurante Imperatriz Leopoldina, em Petrópolis que a inspirou na culinária histórica local e tradicional portuguesa. Atualmente, atua como Chefe Consultora do renomado Restaurante Quintal das Letras e da recém inaugurada Fazenda Bananal em Paraty.

 


 DENISE CHAER

Denise Chaer é empreendedora social, é carioca mas cresceu em Ganeshpuri e atualmente mora em São Paulo. Em 2015 lançou a Plataforma de Diálogos para Inovação Social, Novos Urbanos. Em co-produção com a Pindorama Filmes, lançou em Maio de 2017 o documentário Fonte da Juventude, que estimula o consumo de frutas, verduras e legumes no prato das crianças. Foi apresentadora do programa Capital Natural da TV Band News.

 

 


 FERNANDO SÁ

Seleção Natural dos Números.
Copiando a seleção natural de Darwin, é o processo natural pelo qual estão passando todos restaurantes, bares e similares. Não existe mais espaço para o +/-, para o “eu acho” e para o chutômetro. É importante saber o CMV de tudo, controlar o desperdício, aproveitar até a última apara, conferir todas as notas de entrada, pesar tudo, ou seja, qualquer descontrole faz diferença. Ter metas de vendas bem definidas, metas de custos e premiação para os que mais se destacam, ajudam bastante a melhorar o resultado final. Controlar os cancelamentos e transferências de itens nas mesas, é fundamental para evitar desvio de dinheiro. Controlar pratos e bebidas devolvidos pelos clientes é uma forma de evitar surpresas no CMV. Inúmeros são os controles e formas de melhorar a performance de sua empresa, mas o importante é realmente coloca-las em prática.


GISELA SOLYMOS

Empreendedora Social com graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1987), mestrado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Ciências pelo Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica pela Universidade Federal de São Paulo (2000). É co-fundadora do Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN), tendo coordenado inúmeros projetos educativos e assistenciais, no Brasil e no exterior, para o combate à desnutrição e à pobreza. Tem experiência na área de Psicologia aplicada à nutrição e saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: desnutrição, abordagem psicológica, nutrição, educação em nutrição e saúde, trabalho interdisciplinar. Eleita Empreendedora Social 2011 pela Schwab Foundation, e empreendedora social 2012 pela Ernest & Young; fellow Ashoka 2012, É membro: do Grupo de Estudos Nutrição e Pobreza do Instituto de Estudos Avançados da USP; do Conselho do Núcleo Fé e Cultura da PUC-SP; e do Conselho Consultivo da Aliança pela Infância.

 


MENA

Maria Helena F. T. H. Mueller (a Mena) é moradora da Ilha do Araújo, envolvida em projetos e ações nas áreas de Cultura, Meio Ambiente, Turismo (membro do COMTUR) e Educação. É madrinha da Escola Professora Rita de Cássia da Ilha e Mestre em Demografia (Universidade de Berkeley) e doutora em Ciências da População (Universidade de Harvard). Foi coordenadora do Programa Mundial de Juventude da UNESCO, Diretora do Pavilhão das Nações Unidas na Feira Mundial de Aichi no Japão e trabalhou na área de saúde na América Central, Turquia, e alguns países africanos. Trabalhou em situações de emergência em Angola e Guiné Bissau e foi Representante Residente e Chefe do escritório da UNESCO na Bósnia Herzegovina durante a guerra e Gerente das Ações de Emergência nas áreas de Educação, Cultura e Comunicação na Coordenação Especial da ONU em Sarajevo.


RO GOUVÊA

Qualificada com Certificação Internacional da École de Hôtelière de Lausanne na Suíça, Ro Gouvêa graduou-se e pós graduou-se pela Universidade Estácio de Sá, onde por nove anos foi docente e também coordenadora de pós-graduação em gestão de restaurantes. Traz vinte e um anos de experiência na área profissional de gastronomia e atua na área acadêmica como docente. Consultora em gastronomia do SEBRAE/RJ atua em capacitação de mão de obra e consultoria técnica para restaurantes e hotéis. Ministrou aulas na sua área de formação em gastronomia no Senac Rio, no Politécnico da UNISUAM e na Universidade Estácio de Sá, no Politécnico de Gastronomia e no Curso Superior de Gastronomia com certificação internacional Alain Ducasse Formation na UNESA em diversas disciplinas. Ministrou aulas no curso de gastronomia do IBMR com certificação internacional Kendall College, ainda no IBMR, ministrou aulas de Cozinha Internacional do Bacharelado de Hotelaria com certificação internacional de Glion.



YARA ROBERTS

A renomada chef Yara Castro Roberts apresenta o melhor da cozinha de Paraty, utiliza os ingredientes e suas ligações com a história da cidade. Algumas das receitas fazem parte do livro de sua autoria “The Brazilian Table” com fotos de Richard Roberts publicado nos Estados Unidos tendo concorrido e sido  finalista em vários concursos internacionais. É proprietária da  Academia de Cozinha & Outros Prazeres que está citada nos guias mais importantes como Trip Adviser, Lonely Planet, Rough Guide. Moon Guide, Michelin Guide Vert, Quatro Rodas. As revistas e jornais nos dão também uma avaliação muito positiva: The New York Times, The Independent, Daily Telegraph, Hemispheres, Departures, Bon Appetit, Globo, Estado de São Paulo, Estado de Minas, Bons Fluídos, Vogue e Viagem.

 


POLO GASTRONÔMICO

O Polo é formado por empresários do setor de gastronomia / alimentos e bebidas, em atuação no município de Paraty, Rio de Janeiro.
O Polo Gastronômico está organizado em comitês de trabalho que unem talentos e interesses de diferentes naturezas, diversidade que enriquece o trabalho, gerando ações que trazem benefício à associação e aos seus associados. São eles: Comitê de Gestão, de Qualidade, de Marketing e Eventos e o Comitê de Relações Institucionais e Comerciais. Sua missão é integrar empreendimentos e ações com o objetivo de fomentar a cultura e a identidade gastronômicas de Paraty, proporcionando experiências singulares, com valorização da sustentabilidade social, econômica e ambiental. Sua visão é ser referência em gastronomia de qualidade e excelência de atendimento, integrado aos atrativos turísticos e culturais do município. Seus objetivos são fomentar a cultura do associativismo. Promover a visibilidade e a competitividade das empresas e do destino. Otimizar a qualidade de produtos e serviços. Valorizar a produção local. Adquirir representatividade perante o Poder Público e entidades afins.


Contato

Siga-nos

Siga-nos

Copyright © 2017 Folia Gastronômica de Paraty - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio